"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Brunello di Montalcino/Cantina di Montalcino


Safra: 2006
País: Itália
Região: Toscana DOCG (zone collinari del comune di Montalcino-Siena)
Produtor:  Cantina di Montalcino
Uvas/Corte: 100% Sangiovese grosso
Teor alcoólico: 13,5%
Preço: € 15 a 38, U$ 31 a 74; R$ 199 a 379 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos)
Score:  90 pontos (2006) Cellar Tracker
Onde Comprar:
Degustado: 29/03/2019
Sugestão de Harmonização: Carnes vermelhas assadas ou grelhadas acompanhadas de molhos reduzidos à base de vinho tinto, escalopes, caça, pato e queijos maduros.
Serviço:  18 a 20ºC
Comentários
Brunello considerado o rei da uva Sangiovese, é um dos vinhos mais famosos do mundo, produzido em Montalcino (comuna italiana da região da Toscana, província de Siena). Roteiro obrigatório dos apaixanados por vinho.
“O Brunello di Montalcino é um vinho tinto ideal para longo envelhecimento, feito com 100% de uva Sangiovese Grosso, uva típica da região, uma variante da Sangiovese do Chianti Clássico, produzido em uma área limitada de cerca 2.100 hectares ao redor de Montalcino. Ele deve ser colocado à venda somente 5 anos após a colheita, dos quais deve passar ao menos 2 anos em barril de carvalho e 6 meses em garrafa. Foi o primeiro vinho italiano a receber o selo DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida), em 1980” Viva Toscana
Para conhecer mais sobre Brunello di Montalcino click Saporedi Vino 
Prêmios:
1. Medalha de prata Mundus Vini 2017, Recomendado
2.  International Wine Challenge 2017
3. Decanter World Wine Awards(Bronze Medal),
4. Mundus Vini(Gold Medal),
5. AWC Vienna(Gold Medal) Anno 2009
Sugestão de Guarda:  ± 2020
Meus comentários:
Vermelho púrpura, halos alaranjados, nariz intenso. Sensação frutada com frutas negras, tabaco, couro e tostado. Na boca o impacto é agradável, balanceado (taninos, álcool e acidez); quando vai se abrindo desaparece o teor de álcool, permanece sensação frutas negras maduras, baunilha, tornando-se muito saboroso e prazeroso. Este é um Brunello com bom custo benefício.  
Avaliação: muito bom   

Chianti Premium


Safra: 2016
País: Itália
Região: Toscana DOCG
Produtor: Castellani Castellani S.p.A.
Uvas/Corte: várias uvas
Teor alcoólico: 12%
Preço: R$ 30-80 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos)
Score:  NA
Onde Comprar:
1. Evino
Degustado: 23/03/2019
Sugestão de Harmonização: Espaguete ao sugo, lasanha a bolonhesa
Serviço:  17ºC
Comentários
" O simples termo “Chianti” diz muito pouco sobre o vinho. Muito resumidamente, indica que se trata de um tinto italiano, produzido na região da Toscana, em uma área que se estende entre as cidades de Florença e Siena, a partir de várias uvas, principalmente, Sangiovese. Ainda que Chianti seja uma Denominação de Origem Controlada e Garantida (DOCG) e, portanto, existam regulamentações tratando de sua produção, a variedade é grande.". Revista Adega
Prêmios:
Sugestão de Guarda:  2020
Meus comentários:
Até o fim da II Guerra Mundial, Chianti era considerado um vinho simples e barato, quem não conhece a história do “Chianti”, ainda o considera um vinho simples. Em 1984, a região de Chianti tornou-se uma DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida), a mais alta classificação italiana. É um vinho tinto da Toscana, que é produzido com  um blend de Sangiovese (70%), Uvas brancas não podem exceder 10% e Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc não podem, individualmente ou em conjunto, exceder 15% da composição do vinho. O rendimento das videiras não pode exceder 9 ton/h e o vinho deve ter, no mínimo, 10,5% de graduação alcoólica. Este Chianti é de coloração Vermelho-rubi, nariz  de frutas vermelhas, boa acidez, corpo médio e taninos macios. Um vinho com bom frescor que harmoniza bem com uma pasta ao sugo.  
Avaliação: Bom    

Kalfu Kuda Pinot Noir 2014


Safra: 2014
País: Chile
Região: Las Terrazas Vineyard (D.O Valle de Leyda)
Produtor: Ventisquero
Uvas/Corte: 100% Pinot Noir
Teor alcoólico: 13,5%
Preço: € 10 a 12; £ 8; U$ 12 a 18 average 14; R$ 90 a 120 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos)
Score:  92 pontos Decanter, 90 pontos (AD); 89 pontos (DS), 86 pontos (WE) e (WS).
Onde Comprar:
Degustado: 03/10/2018 
Sugestão de Harmonização: carnes brancas, peixes gordurosos (Atum, Albacora, Mero), crustáceos, cordeiro, queijos, massas.
Serviço:  14-15ºC
Comentários
“La vendimia 2014 se caracterizó por ser un año de temperaturas medias en el valle de Leyda y sin lluvias durante todo el  período de madurez. Esto permitió una madurez lenta de las uvas, desarrollando una buena intensidad aromática en los vinos y una sanidad óptima  de las uvas. El 100% de este vino se dejó reposar durante 12 meses en barricas de encina francesa. Un 10% en barricas nuevas, 20% en barricas de 2º uso y el 70% restante en barricas de tercer y cuarto uso.” Produtor
Prêmios:
1. Decanter World Wine Awards, 2016 – Silver (2014 Vintage)
2. AWOCA CHILE 2014    Leyda - Medalla de Bronce
Sugestão de Guarda:  ± 2021
Meus comentários:
Coloração rubi escuro, notas minerais, morangos frescos e baunilha. Leve, elegante, taninos macios, frutas vermelhas maduras (cereja, morangos) notas minerais e folhas secas, mais um Pinot chileno que me surpreendeu, lembrando Pinots Europeus
Avaliação: bom/muito bom