"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Pera Manca

Safra: 2007
País: Portugal
Região: DOC Alentejo – Évora
Produtor: Fundação Eugênio Almeida
Uvas/Corte: 50 % Antão Vaz (umas das castas mais importantes da zona do Alentejo. Oriunda da Vidigueira, no sul alentejano, é bastante resistente à seca e às doenças. Apresenta cachos de tamanho médio com bagos pequenos e uniformes que são de cor verde amarelada e que no fim da maturação passam a ser de cor amarela. Os vinhos produzidos por esta casta são bastante aromáticos, predominam os aromas de frutas tropicais, geralmente têm cor citrina) e 50% Arinto (também designada por Pedernã na região norte de Portugal é uma casta de uva branca, cultivada, de maneira geral, em todas as regiões de Portugal, em especial nas encostas de Bucelas, onde produz vinhos monovarietais de elevada acidez, cor citrina e marcadamente florais e frutados quando jovens. Possui boa acidez com estrutura, qualidade e um toque aveludado. O aroma é relativamente discreto, sobressaindo notas minerais, de maçã verde e limão. Seus vinhos evoluem muito bem em garrafa, ganhando elegância e complexidade. A sua cor é verde-amarelada, de bago pequeno/médio e arredondado).
Teor alcoólico: 13%
Preço: € 24; U$ 25; R$ 146 a 210 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos Europa, EUA e Brasil)
Score: 93 pontos (2005) WE; 88 pontos Marcelo Copello, 87 WA (Mark Squires); 17,5 pontos Revista Wine; 84 pontos WS
Prêmios:
Onde comprar:
Degustado: 22/03/2011
Harmonização: bacalhau. polvo marinado, peixe grelhado, camarão e aves
Serviço: 12º
Comentários
Pêra-Manca é a marca que a Adega Cartuxa destina aos vinhos de excepção. O Pêra-Manca branco foi produzido pela primeira vez em 1990. Uma parte do lote fermenta em depósito de aço inox, e a outra parte em barricas de carvalho francês, à temperatura controlada de 16°C.
Sugestão de Guarda: beber/guardar até 2012
Meus Comentários:
Amarelo palha claro e brilhante. Aroma floral, frutas brancas, notas minerais e amêndoas. No palato é macio, fresco e elegante, boa acidez, suave cremosidade toque de mel, com final longo.
Avaliação: muito bom

Postar um comentário