"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Adolfo Lona Brut


Tipo: Branco
Nível: Espumante
Classe: Brut
País: Brasil
Método: Charmat
Graduação alcoólica: 12%
Preço: R$ 29-35 (preço nas importadoras, restaurantes e lojas especializadas de vinhos do Brasil)
Uvas/Corte: Chardonnay e Pinot Noir.
Produtor: Adolfo Lona
Região: Garibaldi-RS
Site: www.adolfolona.com.br
Score: N/A
Onde comprar:
1. Magazzino, Natal, RN;
2. Vinhos&Vinhos
3. Vinhos Web
4. Vinhos e Sabores
Degustado em: 06/02/2010
Sugestão Harmonização: no happy hour, como aperitivo, entradas frias e pratos quentes à base de peixes e carnes brancas
Comentário Produtor
Adolfo Lona lançou este produto elaborado pelo método de grandes recipientes no ano de 2008 para completar sua linha e com o intuito de atender os apreciadores de espumantes frescos, jovens e secos.
A diferença é a forte predominância de Chardonnay misturado à uma pequena quantidade de vinho de Pinot Noir, e a tomada de espuma a baixa temperatura que prolonga o processo. O resultado é um espumante de destacados aromas frutais, intensos e persistentes e um sabor marcante de frutas e moderada quantidade de açúcares, situada quase no piso da categoria, com 7 gramas por litro. Logo após a tomada de espuma repousa durante um breve período na própria garrafa em condições especiais. A proposta é oferecer ao mercado um produto fresco, frutado, jovem e alegre, capaz de acompanhar os apreciadores em todos os momentos como happy hour, aperitivos, entradas e pratos quentes à base de peixes e carnes brancas.
O Brut Branco Adolfo Lona deve ser servido a uma temperatura próxima dos 6°C
Serviço: 6 a 8º C
Sugestão de Guarda: beber
Meus comentários:
Adolfo Lona (Argentino de Mendoza) veio para o Brasil em 1972, contratado para o início de operações da vinícola De Lantier, fundada pelo grupo Bacardi-Martini no Brasil. Em 2004, após 33 anos como enólogo e diretor da Bacardi-Martini no Brasil, Adolfo Lona aposentou-se e decidiu produzir vinhos com seu nome, trazendo ao mercado produtos de grande personalidade, frutos da criatividade e da experiência deste enólogo pioneiro da vinicultura brasileira de qualidade.
Coloração amarelo esverdeado, perlage fina persistente, aromas de pão fresco, boa acidez, frutado (frutas tropicais).
Avaliação: Bom $$
Postar um comentário