"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Fatores de Risco para Doenças Cardiovasculares

Descubra como vocês podem reduzir seus riscos de ataque de coração (infarto) e ataque cerebral (derrame-AVC). Comecem se dando conta de seus fatores de risco; as características pessoais e hábitos que aumentam suas chances de desenvolvimento de doença cardiovascular. Alguns vocês não podem mudar ou podem controlar; alguns vocês podem fazendo algumas mudanças em seus hábitos diários. Levando em conta estes problemas, vocês aprenderão onde focar seus esforços.
Sua IDADE pode aumentar seus riscos se...
  • você for homem acima dos 45 anos.
  • você for mulher acima dos 55 anos ou estar na menopausa ou tiver tido seus ovários removidos.
Sua história familiar pode aumentar seus riscos se...
  • você tiver pai ou irmão que tiveram infarto antes dos 55 anos, ou a mãe ou irmã que tiveram infarto antes dos 65 anos.
  • você tiver um parente que teve acidente vascular cerebral (AVC-derrame).
Cigarro e tabaco aumentam seu risco se...
  • você fumar, ou viver ou trabalhar com pessoa que fuma todo dia.
Seus níveis de COLESTEROL TOTAL e HDL colesterol podem aumentar seu risco se...
  • seu nível de colesterol total for de 240 mg/dl ou maior.
  • seu nível de HDL (bom) colesterol for menor do que 35 mg/dl.
  • você não conhecer seus níveis de colesterol ou HDL.
Sua PRESSÃO ARTERIAL pode aumentar seu risco se...
  • sua pressão arterial for 140/90 mmHg ou maior, ou saber que seus níveis pressóricos estão muito altos.
  • você não saber o valor da sua pressão arterial
INATIVIDADE FÍSICA pode aumentar seus riscos se...
  • você se exercitar menos do que 30 minutos em pelo menos 3 dias da semana.
Excesso de PESO CORPORAL pode aumentar seus riscos se...
  • se você estiver com 9 Kg ou mais acima do seu peso.
DIABETES aumenta seu risco se...
  • você for diabético ou precisar de medicação para controlar sua glicemia (taxa de açúcar no sangue).
Seu HISTÓRICO MÉDICO pode aumentar seu risco se...
  • você tiver doença arterial coronariana, ou se você já tiver tido um infarto.
  • o medico ter dito que você tem doença da artéria carótida ou se você já teve um AVC (derrame).
  • você tiver batimentos cardíacos anormais (arritmia).
Trabalhando para reduzir, controlar ou prevenir tantos fatores de risco quanto você puder é a sua melhor defesa contra doenças cardiovasculares. Seu coração e cérebro lhe agradecerão, por você ter se cuidado ... assim como seus familiares. Para maiores informações sobre doenças coronarianas e derrame, converse com seu médico e acesse também o site da Sociedade Brasileira de Cardiologia (http://prevencao.cardiol.br/)

Postar um comentário