"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Quinta da Falorca


Safra: 2003
País: Portugal
Região:
Dão, DOC
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas
Site:
http://www.qve.pt/intro.html
Uvas/Corte: Touriga Nacional, Aragonês e Afrocheiro
Teor alcoólico: 13,5%
Preço: € 18  a 23; U$ 23 a 30; R$ 140 a 180 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos)
Score: 90 pontos WA; 16,5 pontos Revista de Vinhos Portugal; 16,5 Blue Wine Magazine
Onde Comprar:                                                                                           
Degustado: 01/09/2012
Harmonização: Harmoniza bem com carnes vermelhas, vitela
Serviço:  18º
Comentários
“Há quatro gerações a família Figueiredo produz vinhos no coração do Dão, onde são proprietários de 13 hectares de vinhas, sendo a casta mais representativa a Touriga Nacional. Até a década de 60 os vinhos eram produzidos de forma tradicional, ou seja, em lagares, e vendidos a granel. Por anos seguidos suas uvas foram vinificadas em cooperativa e desde 2000 a vinícola produz seu vinho Premium, o Quinta da Falorca, mostrando assim a busca constante na qualidade de seus vinhos”. World Wine
“Vinho que não mostra a idade, exuberante e concentrado, com muitas bagas silvestres no aroma e sabor” Luis Lopes, além de apreciador das boas taças, é diretor da Revista de Vinhos, de Portugal e colunista da Revista Prazeres da Mesa
Prêmios:
Sugestão de Guarda: ± 2016
Meus comentários:
 Apesar da idade, não tinha sinais de envelhecimento. Coloração rubi escuro, concentrado, aromas floral, frutas vermelhas. Na boca é agradável, boa acidez, num conjunto afinado (taninos, frutas e madeira e notas de chocolate e especiarias).
Avaliação: Muito Bom   
Postar um comentário