"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Piper Heidsieck Brut

Tipo: Branco
Nível: Champagne
Classe: Brut
País: França
Estilo: NV
Método: champenoise
Graduação alcoólica: 12%
Preço: U$ 30 a 59; € 14 a 29; R$ 175 a 200 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos USA-UK-BR).
Uvas/Corte:     Pinot Noir 55%, Pinot Meunier 25% e Chardonnay 20%
Produtor: Piper Heidsieck - Rémy Cointreau
Região: Reims, Champagne
Site: http://www.piper-heidsieck.com
Score: 15 pontos (2009) B&D; 15 pontos (2010) Gault Millau; 91 pontos WS; 90 pontos ST;
88 pontos WA (Antonio Galloni);
Prêmios:   
- Medalha de prata no Decanter 2010
- Best NV Champagne at the International Wine Challenge 2006
- Silver Medal no Mondial de Bruxelles 2010
Onde comprar:
1. Wine.com
2. Costi Bebidas  
Degustado: 04/09/2011
Harmonização: Grelhados, aves, frutos do mar, como aperitivo, finger food
Comentários
24 meses de afinamento em garrafa.
Serviço: 6 a 8º C
Sugestão de Guarda: 4 anos
Meus comentários:   
Piper Heidsieck começou com Florens-Louis Heidsieck, filho de um pastor luterano Alemão que se mudou para a pitoresca cidade de Reims na França. Por influências locais, interesse e talento, passou a fazer seu próprio vinho e fundou sua Maison em julho de 1785. Após a morte do fundador em 1828, seu sobrinho, Christian Heidsieck, e seu primo, Henri Guilaume Piper, assumiram o comando dos negócios.
Foi em outubro de 1839 que seus champanhes passaram a utilizar oficialmente a marca PIPER-HEIDSIECK, resultado da junção dos sobrenomes de Christian e Henri
Em 1988 a tradicional Maison passou a fazer parte do grupo Rémy Cointreau, e a partir daí seus champanhes ganharam uma melhor e mais ampla distribuição no mercado mundial. Hoje em dia a PIPER-HEIDSIECK, é considerada a terceira maior marca mundial no segmento de champanhes, vende anualmente mais de 5 milhões de garrafas
Curiosidades: Em 1953 a marca ganhou notoriedade mundial quando Marylin Monroe declarou que ia dormir todas as noites com uma gota do perfume Chanel nº 5 e acordava todas as manhãs com uma taça do champanhe PIPER-HEIDSIECK.
O winemaker da Maison, Régis Camus, já foi eleito por seis vezes consecutivas o melhor do mundo pelo juri do International Wine Challenge em Londres.
Atualmente a PIPER-HEIDSIECK produz seis tipos diferentes de champanhes:

● Cuvée Brut: champanhe que utiliza em sua composição uvas Pinot Noir (55%), Chardonnay (15%) e Pinot Meunier (30%).
● Cuvée Sublime (introduzida em 2004): champanhe demi-sec que utiliza em sua composição uvas Pinot Noir (55%), Chardonnay (15%) e Pinot Meunier (30%). O rótulo deste champanhe é roxo.
● Rosé Sauvage (introduzida em 2002): champanhe rosé que utiliza em sua composição uvas Pinot Noir (45%), Chardonnay (15%) e Pinot Meunier (40%). O rótulo deste champanhe é rosa.
● Brut Divin (blanc-de-blanc): champanhe que utiliza em sua composição uvas Chardonnay (100%).
● Brut (Vintage): champanhe lançada somente nos anos em que a safra é considerada excepcional pela Maison. O rótulo deste champanhe é preto.
● Cuvée Rare: champanhe que utiliza em sua composição uvas Pinot Noir (35%) e Chardonnay (65%). Esses raríssimos champanhes só foram lançados no mercado em 1979, 1988, 1998, 1999 e 2002.
- Coloração amarela palha com tons dourados, aroma frutado e floral, boa vivacidade,  cremoso, notas discretas de baunilha e pimenta branca, bem estruturado com as frutas brancas (maçã e pera), muito agradável de beber.
Avaliação: Muito Bom
Postar um comentário