"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Marques de Montmor Tinto


Safra: 2007
País: Portugal
Região: Alentejano
Produtor: Plansel/Viveiros Jorge Böhm, Lda.
Site: http://www.plansel.com/
Uvas/Corte: Trincadeira, Aragonêz e Touriga Nacional
Teor alcoólico: 13%
Preço: € 5,50-7,50, R$ 30-40 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos Portugal, Brasil)
Score: N/A
Onde Comprar:
1. Vinhedos, Natal RN
2. Decanter
Degustado: 24/05/2010
Sugestão de Harmonização: Aves assadas, Lombo de porco, Coelho assado.
Serviço: 16º
Comentários
Vinho de cor granada, com notas aromáticas que evidenciam a sua juventude. Mostra aromas de frutos negros, amora e alguma especiaria, num conjunto elegante e complexo com uma agradável persistência. Macio na boca, ligeiro acídulo a despertar novamente notas de fruta. Adstringência ligeira num vinho estruturado e equilibrado, que termina de forma harmoniosa.
Prêmios:
Sugestão de Guarda: beber, guardar ± 03 anos
Meus comentários:
Assessorada por Paulo Laureano, uma das principais autoridades do vinho em Portugal, a enóloga Dorina Lindemann (filha de Jorge Böhm) assina a produção de vinhos da Plansel, um pequeno produtor do Alentejo
Este vinho tem coloração vermelha-púrpura intensa, brilhante, aroma frutado, notas discretas de especiarias, na boca é macio, com boa acidez, corpo e taninos médios, frutas maduras (ameixa, passas) com boa estrutura,
Avaliação: bom
Postar um comentário