"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Kanu Rockwood Tinto


Safra: 2006
País: Africa do Sul
Região: Stellenbosch
Produtor: Kanu
Site: http://www.kanu.co.za/
Uvas/Corte: 56% Shiraz, 34% Cabernet Sauvignon, 6% Merlot e 4% Roobernet (uva desconhecida para mim, essa uva é o resultado de um cruzamento de duas uvas francesas: a Cabernet Sauvignon e a Pontac (também desconhecida, é uma cultivar originária do sudeste da França e já era cultivada na África do Sul no século XVII, tendo sido exportado seu vinho para a Holanda em 1772 por Jan van Riebeeck. Era usada na elaboração do vinho Constantia tinto doce. É uma cultivar tintória (tem matéria corante na polpa além da película), originando vinhos de cor forte, levemente tânicos com sabor suave e bom potencial de envelhecimento)
Teor alcoólico: 14,3%
Preço: R$ 36-50 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos do Brasil)
Score: 15 pontos Jancis Robinson
Onde Comprar:
1. Sociedade da Mesa
Degustado: 07/06/2009
Sugestão de Harmonização: excelente acompanhamento para inúmeros pratos
de carne, caça, todo o tipo de aves e queijos.
Serviço: 16º
Comentários do produtor
A nose of dark chocolate and raspberry, complimented by the peppery, nutmeg and cinnamon notes of the Shiraz component. Soft, velvety tannins with lively fruit that ends in a long dry finish. Drinking well now, but will benefit from two to three years’ bottle maturation. “No nariz notas de chocolate escuro e framboesa, complementado pela picante noz moscada e canela, notas componentes de Shiraz. Taninos macios, aveludados com fruta viva que termina em final longo e seco. Beber bem agora, mas se beneficiará de maturação de dois para três anos em garrafa”
Prêmios:
1. Kanu KCB Chenin Blanc 2006 (wooded)
Sugestão de Guarda: beber
Meus comentários:
O nome Kanu é derivado de um veterano trabalhador de fazenda em Goedgeloof que contou a lenda de um pássaro mítico de promessa. A história conta que quando o pássaro apareceu, todos aqueles que ficassem debaixo de sua sombra seriam abençoados com uma colheita abundante.
Coloração violácea intensa, aromas são de cereja madura, chocolate, toque de defumado. Corpo médio, taninos suaves, boa acidez, mantém um conjunto equilibrado apesar dos 14% de álcool.
Avaliação: médio
Postar um comentário