"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Don Laurindo Brut


Tipo: Branco
Nível: Espumante
Classe: Brut
País: Brasil
Estilo: 2006
Método: Champenoise (um ano entre fermentação e autólise)
Graduação alcoólica: 12%
Preço: U$ 8; R$ 35-47 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos USA-UK-BR).
Uvas/Corte: 70% Chardonnay e 30% Riesling Italico
Produtor: Don Laurindo
Região: Vale dos vinhedos, Bento Gonçalves, RS
Site: http://www.donlaurindo.com.br/
Score: (80-84) Bom (Marcelo Copello- avaliaçao do 2001)
Degustado em: 25/12/2008
Harmonizado com: petiscos diversos, peru, tender
Comentário Produtor
É elaborado com uvas chardonnay e riesling itálico através do método champenoise (fermentação na própria garrafa). Sua cor é amarelo palha com tons esverdeados, a perlage é longa e de finas bolhas. Se aroma é frutado e evoluido. Na boca apresenta-se com equilíbrio de acidez e corpo com final refrescante e agradável. Aconselha-se consumir jovem, em até 3 anos. Temperatura ideal para consumo de 5° a 8° C.
Pode ser servido como aperitivo, nas principais refeições e é ideal em qualquer comemoração.
Sugestão de Guarda: 02 anos
Meus comentários:
Exame visual: - amarelo palha, límpido, perlage fina e persistente
Exame olfativo: nariz lembrando fermento e frutas brancas.
Exame gustativo: Acidez equilibrada, sabor de pêra, maçã, pão torrado
A VINHOS DON LAURINDO LTDA, empresa constituída unicamente com membros da família, foi criada em 1991 por Laurindo Brandelli (pai) e os filhos (Ademir, Adelar, Alfonso e Márcio), institucionalizando a venda de seus vinhos. Os vinhedos estão localizados numa área privilegiada, o Vale dos Vinhedos, incrustado na Serra Gaúcha. Sua geografia se assemelha a do Norte da Itália, região de vales e montanhas. Os primeiros vinhedos, de cepas comuns, datam desde 1889 e passaram a ser substituídos a partir de 1970 por variedades viníferas. O microclima, com temperaturas abaixo de 0°C durante o inverno, proporciona repouso à videira. Além disso, quente no verão com ótima incidência de sol, é extremamente favorável à produção de uvas sãs, maduras, com baixa acidez, complexidade aromática, cor e com grande teor de açúcar natural. O terreno fértil proporciona vigor aos parreirais. Este vigor é controlado por podas mais abertas para que os cachos das uvas recebam maior quantidade de sol.
Avaliação: Bom
Postar um comentário