"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Adolfo Lona Rose


Tipo: Rose
Nível: Espumante
Classe: Brut
País: Brasil
Método: Charmat
Graduação alcoólica: 12%
Preço: R$ 26-40 (preço nas importadoras e lojas especializadas de vinhos do Brasil)
Uvas/Corte: Chardonnay (40%) e Pinot Noir (60%).
Produtor: Adolfo Lona
Região: Garibaldi-RS
Site: www.adolfolona.com.br
Score: N/A
Onde encontrar: Magazzino;
Degustado em: 05/10/2008
Harmonizado com: como aperitivo
Comentário Produtor
Linda cor rosada leve com tom de pêssego, bastante elegante.
Aromas intensos e persistentes que misturam pão torrado, mel e frutas vermelhas maduras. Excelente equilíbrio entre a acidez e os sabores, o melhor dentre os rosés da mesma faixa. Apresenta suave presença de frutas vermelhas, que evolui para um conjunto complexo de tostado, mel e ligeira especiaria, terminando com sutil e elegante amargor, muito agradável..
Serviço: 6 a 8º C
Sugestão de Guarda: beber
Meus comentários:
Adolfo Lona (Argentino de Mendoza) veio para o Brasil em 1972, contratado para o início de operações da vinícola De Lantier, fundada pelo grupo Bacardi-Martini no Brasil. Em 2004, após 33 anos como enólogo e diretor da Bacardi-Martini no Brasil, Adolfo Lona aposentou-se e decidiu produzir vinhos com seu nome, trazendo ao mercado produtos de grande personalidade, frutos da criatividade e da experiência deste enólogo pioneiro da vinicultura brasileira de qualidade.
Coloração rósea, perlage fina persistente, fresco, boa acidez, frutado (frutas vermelhas), ligeiro amargo no final sem comprometer o equílibrio
Avaliação: Bom
Postar um comentário