"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mateus 26:41)

Artigos Saúde - 1

Dor de cabeça e enxaqueca


Existem mais de cem tipos de dores de cabeça, sendo que as mais comuns são a do tipo tensional e a enxaqueca- ((ê) Substantivo feminino. 1.Med. Síndrome constituída por cefaléias periódicas, muitas vezes unilaterais, e que se acompanham de náusea, vômito e perturbações sensoriais variáveis. [Sin., bras., pop.: mururu.] – Dic. Aurélio, 2004.

Dor de cabeça é definida como a presença da sensação dolorosa na cabeça, pescoço e face. As cefaléias, nome científico das dores de cabeça, podem ser primárias ou secundárias.

As cefaléias primárias são aquelas causadas por distúrbios bioquímicos do próprio cérebro.

As cefaléias secundárias, causadas por problemas em quaisquer regiões do corpo, podem ter inúmeras causas (tumores cerebrais, meningites, auneurismas, problemas dos olhos, ouvidos, garganta e até um simples resfriado podem ser responsáveis por dores de cabeça secundárias)

De forma simplista, a dor de cabeça tensional é caracterizada por uma sensação dolorosa leve a moderada, enquanto a enxaqueca é uma dor de moderada a intensa que pode se agravar com a exposição do paciente à claridade e sons altos. A enxaqueca possui outros sintomas, como irritabilidade, inquietação, perda de apetite, náuseas, vômito e visão embaraçada. As crises que em muitos pacientes se manifestam com dores de um único lado da cabeça, podem durar dias e muitas vezes são incapacitantes. Estima-se que aproximadamente 15% da população mundial sofrem de enxaqueca. Lembre-se que toda dor de cabeça tem uma causa, e que só um Neurologista pode avaliá-la corretamente, excluir causas mais sérias e prescrever o tratamento adequado.






Postar um comentário